A Arquitetura

Unindo a formação artística com as áreas de engenharia, cálculo e matemática, a arquitetura se faz presente na vida do homem desde que este, pela primeira vez, construiu um abrigo para si e para os outros.

O arquiteto idealiza, projeta e ergue os espaços nos quais as pessoas vivem, tendo seu enfoque em gerar o bem-estar social. Para tanto, ele leva em consideração aspectos estéticos, históricos, técnicos, culturais e, claro, o meio ambiente e a sustentabilidade, os itens de suma importância para o mundo.

arquitetura

A profissão é regulamentada. Um arquiteto só pode atuar se tiver cursado ensino superior em qualquer instituição que seja reconhecida pelo MEC – Ministério da Educação e, principalmente, com o registro no Conselho de Arquitetura e Urbanismo da localidade aonde pretender atuar.

Formação de Arquitetura

A formação em arquitetura dura cerca de cinco anos. Através dela o aluno aprenderá a levar em consideração critérios como funcionalidade, estética e o conforto ao planejar áreas externas e internas, por exemplo.

Campo de atuação da Arquitetura

O estudante que se gradua nesta área está pronto para planejar, coordenar e projetar reformas e construções de áreas internas e externas. Uma das responsabilidades do arquiteto é definir quais materiais serão utilizados em uma obra, sendo também dever do mesmo preparar a planta baixa sempre tendo por base a localização dos móveis, iluminação e funcionalidade do mesmo.

O Arquiteto, acompanhado do engenheiro civil, checa em toda a obra e sua construção, os trabalhos dos peões e os custos gerais. O Arquiteto, por ser o responsável pela criação de ambientes que levem em consideração a funcionalidade no dia a dia, a comodidade e a estética, também colabora para a racionalização, humanização e o crescimento de todas as metrópoles.

Atualmente, mesmo em tempos de crise, o mercado está em forte expansão em todo Brasil. O setor público aumentou a procura por arquitetos nos últimos anos, principalmente em relação à construção de espaços públicos voltados ao lazer e à educação.

Além do setor público, inúmeras construtoras – em razão da renegociação de valores com relação ao metro quadrado – estão ampliando seu portfólio com obras em diversas regiões do país. Os novos preços em lançamentos antes caríssimos, e regiões mais populosas e com infraestrutura muito maior, aumentaram as procuras tanto de civis quanto de investidores.

Tamanha procura fez com que o mercado imobiliário voltasse a esquentar e, com isso, construtoras abriram espaços para novos arquitetos, os quais são cheios de ideias, vontade e propostas para tirar dos canudos.

Um arquiteto formado aprende sobre:

– Projetar edifícios multifuncionais;

– Trabalhar com instalações prediais (elétrica e hidráulica);

– Trabalhar com a tecnologia da construção;

– Projetar com ergonomia, antropometria e acessibilidade;

– Arquitetura sustentável

– Estética do projeto;

– História da arquitetura no Brasil;

– Ética e legislação profissional;

– Estudos ambientais e saneamento urbano;

– Dentre outras importantes áreas e conhecimentos.

Um arquiteto tem o poder de ditar a moda nas artes e “poesias de concreto”, que tornam as cidades mais aconchegantes e verdadeiros cartões postais.

Ele cuida do abrigo para várias gerações.

Receba a Melhor Solução para o Seu Lar

Share

@2017 - todos os direitos reservados
desenvolvido por Diego Rohden

Procurando a Melhor Solução Para o Seu Lar?

Projetos com a qualidade e modernidade que você precisa

Preencha o formulário abaixo que um de nossos consultores entrará em contato com você